Postagens

Mostrando postagens de Julho 1, 2009

A viagem de Odisseu

Imagem
  Por Mario Vargas Llosa Hans Erni   Pelo que me lembro, meu primeiro contato com o teatro aconteceu em Cochabamba, na Bolívia, quando eu devia ter uns sete ou oito anos. Meus avós e minha mãe me levaram ao Teatro Achá, a um camarote, e de repente as luzes se apagaram, a cortina subiu e no palco alguns personagens de carne e osso começaram a viver uma história. Não eram fantoches, desenhos animados ou imagens evocadas pelas palavras de um livro, mas seres humanos que personificavam aqueles eventos que estavam sendo feitos e desfeitos à medida que ocorriam. Eu os escutava fascinado, embora sem entender muito do que diziam. De repente, um dos cavalheiros levantou a voz e deu um tapa em uma senhora. Comecei a chorar e minha mãe precisou me tirar do local.   Minha próxima lembrança é de anos depois, quando eu já estava no secundário, em Lima. Tinha gostado e ia de vez em quando aos teatros do centro, o Segura e o Municipal, para ver as comédias que apresentavam a Escola Nacional de Arte Cê