Dia da Poesia

Othoniel Menezes. A celebração dos 117 anos do poeta é o ponto maior das celebrações pelo Dia da Poesia em Natal - RN. Foto: Portal Mineiro PT
Já comentei aqui, o ponto alto do Dia da Poesia em Mossoró; divulgo agora as movimentações em Natal no próximo dia 14 de março de 2012:

Momento 1
Uma homenagem aos 45 anos do Poema Processo com um bate-papo com alguns dos nomes que fizeram parte desse importante movimento literário, tais como Falves Silva, Anchieta Fernandes e Jota Medeiros, em conversa mediada por Dácio Galvão. Após a conversa, exposição de livros e obras do Poema Processo e coquetel de lançamento dos livros PROJETO 45, de Falves Silva, e AORIGEM DIÁGORA, de Jota Medeiros. O evento terá lugar no Auditório B do Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHLA) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a partir das 9h e é coordenado pela Professoa Cellina Muniz.

Momento 2
Uma homenagem ao poeta Othoniel Menezes na passarela da Fortaleza dos Reis Magos (programa muito parecido com o do ano passado, mas...). O evento começa a partir das 8h30min da manhã.

Momento 3
Um show de Jorge Mautner - um dos principais nomes da contracultura nas décadas de 1960 e 1970. O evento terá lugar na Pinacoteca do Estado – Palácio Potengi, a partir das 20h. Antes do show, no mesmo local, a partir das 19h, o jornalista e escritor, Carlos de Souza, lançará seu mais recente livro, o romance, Cidade dos Reis.

Momento 4
Uma segunda edição do Concurso Poético Performático promovido pela Sociedade dos Amigos do Beco da Lama (Samba). O evento terá lugar também na Pinacoteca, das 18h às 20h, antes do show de Mautner.

Momento 5
Um show com o grupo Poesias & Flores em Caixas, sob o comando da jornalista Michelle Ferret a partir das 16h no  Teatro de Cultura Popular, seguido dos lançamentos:  
O Livro dos Poetas - uma coletânea de entrevistas organizada pelo poeta Adriano de Sousa, com Dorian Gray, Fagundes de Menezes, Homero Homem, Jayme Wanderley, João Cabral de Melo Neto, José Bezerra Gomes, Moacy Cirne, Nei Leandro de Castro e Zila Mamede;  
Príncipe Plebeu - uma biografia do poeta Othoniel Menezes escrita por Cláudio Galvão;
Noturno Quase Infinito - do poeta Maia Pinto; 
Alma que Voa - do poeta Antonio Júnior, um poeta ligado à natureza e ao xamanismo.

Para completar o dia, os poetas subirão ao palco para suas performances e declamações. Começa com o Grupo La Truppe, depois o poeta Plínio Sanderson, que será seguido pelo poeta multimídia Carito, que dá a vez ao poeta performático Marcos Cavalcante. A noite prossegue com a apresentação do Gato Lúdico, comandado por Vicente Vitoriano e chega ao auge com a apresentação do Grupo Escolar, de Marcelus Bob. Para completar a festa, subirão ao palco dois convidados: os poetas Celso Borges, do Maranhão, e Wilmar Silva, de Belo Horizonte.

_____________
Informações do Substantivo Plural, Grande Ponto e ASSECOM-RN.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

20 + 1 livros de contos da literatura brasileira indispensáveis

Carolina Maria de Jesus, a escritora que catava papel numa favela

José Saramago e As intermitências da morte

Visões de Joseph Conrad

Cecília Meireles: transcendência, musicalidade e transparência

Sor Juana Inés de la Cruz, expoente literário e educativo do Século de Ouro espanhol

Ensaios para a queda, de Fernanda Fatureto

A melhor maneira de conhecer o ser humano é viajar a Marte (com Ray Bradbury)

Não adianta morrer, de Francisco Maciel

Boletim Letras 360º #246