Postagens

Mostrando postagens de Outubro 24, 2012

A eterna juventude de Peter Pan

Imagem
J M Barrie, o autor de Peter Pan “A história do menino que não queria crescer faz parte do imaginário de diferentes gerações de leitores” – assim anuncia a Cosac Naify na resenha de lançamento de mais uma obra (de arte) para seu catálogo. A obra em questão trata-se da versão original do romance do escritor escocês J. M. Barrie, Peter e Wendy , traduzido integralmente por Sergio Flaksman e acompanhado da inovadora arte que Guto Lacaz que compôs as ilustrações para o livro. O anúncio posto entre aspas no início desta postagem tem sua verdade: é a história do menino Peter Pan, nome que seria inspirado em Pan, o mítico deus grego conhecido por suas farras, que se recusa a crescer e suas aventuras com os irmãos Darling pelo imaginário lugar da Terra do Nunca. J. M. Barrie nasceu em 1860 na Escócia e foi penúltimo entre um grupo de dez irmãos; com sete anos perdeu o seu irmão David, favorito de sua mãe, que morreu em decorrência de um acidente de patinação. A morte prematura