Postagens

Mostrando postagens de Outubro 15, 2013

Construções do feminino na poesia inicial de Vinicius de Moraes

Imagem
Por Denise Akemi Hibarino


Considerações iniciais
Ao situar Vinicius de Moraes no cenário da literatura brasileira, vemos um poeta que se destacou pelos sonetos à mulher amada, pelo seu trabalho como cronista e dramaturgo (HIBARINO, 2004). Sua vida e seus amores tiveram uma dimensão quase igual ou maior do que o alcance de sua obra. Desta forma, a imagem que se faz de Vinicius é a do homem apaixonado que se casou nove vezes, teve inúmeras amantes e fez de todas as mulheres sua inspiração poética.
Consequentemente, escrever sobre Vinicius sem mencionar a importância da mulher é desconsiderar a força que o movia, tanto em sua vida, quanto em sua obra. Tal fato faz com que a crítica literária e os leitores criassem o mito do poeta eternamente apaixonado, confundindo vida com obra literária. 
José Castello (1999), em extensa biografia sobre Vinicius, afirma que o poeta “viveu – e escreveu – para romper a fronteira ilusória que separa vida da imaginação.” (CASTELLO, 1999, p.11). De fato, as fr…