Postagens

Mostrando postagens de Julho 21, 2020

Naruto e a Confissão da Raposa de Nove Caudas

Imagem
Por Wagner Silva Gomes




Comecei a assistir Naruto, anime dirigido por Hayato Date e adaptado do mangá escrito e ilustrado pelo escritor Masashi Kishimoto, pela empolgação de alguns adolescentes diferenciados, uns três em particular, com quem pude conviver ao longo do tempo em minha profissão de educador social. Me perguntava o que o anime tem de tão especial que deixa os garotos como sob o efeito de magia, como poucos me deixaram na infância e adolescência. Também tive o estímulo da citação musical, à la imagem com o viés das vanguardas modernistas, do Criolo, que ouço com frequência, em uma de suas letras 
(Nin-Jitsu, Oxalá, Capoeira, Jiu-Jitsu Shiva, Ganesh, Zé Pilin dai equilíbrio/ Ao trabalhador que corre atrás do pão/ É humilhação demais que não cabe nesse refrão). 
Surpresa minha ao terminar a primeira temporada, porque o anime supera, com todo o respeito, os meus animes maiores, Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball e Yu yu Hakusho, e a história chega ao nível literário da melhor lit…