Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 28, 2012

Mariano Tavares – Sem Parar

Imagem
Capa de "Sem parar". Fotografia Renato de Melo Medeiros (press release) Tendo iniciado sua carreira em 1994, fez o mesmo percurso que a maioria dos iniciantes fazem: tocou e cantou em bares e espaços culturais de Assu e Mossoró - onde é professor de Literaturas Norte-americana e Inglesa na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) – fazendo releituras personalíssimas da obra de artistas como Bob Dylan, Gilberto Gil, Lou Reed, Caetano Veloso, Alceu Valença, Morrissey, Adriana Calcanhoto, Leonard Cohen, Jards Macalé, entre outros. Ao mesmo tempo em que se aprimorava como intérprete, ele também foi compondo suas próprias canções, marcadas por uma musicalidade e uma poesia altamente sofisticadas, de uma beleza e requinte que ultrapassam as fronteiras da música pop. Fronteiras que também não existem em suas influências, que vão desde medalhões do cancioneiro popular brasileiro da primeira metade do século passado – como Lupicínio Rodrigues,