Postagens

Mostrando postagens de Abril 25, 2019

Entre a cruz e a máscara. “O crime do padre Amaro” de Eça de Queirós

Imagem
Por Flaviana Silva


O crime do padre Amaro foi publicado em 1876 e é situado em um contexto histórico no qual Portugal passa por grandes transformações; as informações chegam à capital de forma mais rápida através das relações com Paris e os jovens lusitanos se interessam cada vez mais pela comunicação, adotando novos pensamentos. Neste cenário, percebe-se que Eça de Queirós adotou em seu trabalho o objetivo de constituir pela escrita uma função social. Transmitindo a exposição de um cenário de problemas, seu realismo vem como uma apresentação do que ainda significava o grande atraso português, sobretudo aqueles lugares que se distanciam do grande centro; é este algum dos motivos que levam a obra a receber várias críticas no seu tempo, o que só mostra o seu valor em uma sociedade que até hoje se utiliza de múltiplos disfarces para as suas relações.
O espaço é apresentado de forma muito detalhada: o narrador utiliza de descrições para evidenciar onde se constitui as ações que permeiam a …