Postagens

Mostrando postagens de Julho 7, 2022

A defesa Lujin, de Vladimir Nabokov

Imagem
Por Sérgio Linard Vladimir Nabokov. Foto: Horst Tappe   Escrito na língua materna do autor, A defesa Lujin é o terceiro romance do ainda jovem Vladimir Nabokov e persegue a história de um exímio jogador de xadrez cujo nome é aquele que dá título ao livro. São catorze capítulos que se ocupam da construção de uma simbologia que está diretamente relacionada aos movimentos e às peças daquele jogo milenar, com melhor exploração naquilo que aqui chamarei de segundo momento do romance¹.   O infante Lujin demonstra nítidos traços melancólicos. Possui questionável beleza, sofre bullying por ser filho de um escritor mediano — ambos têm o mesmo nome — e não tem bom relacionamento com os colegas da escola. A mãe demonstra um certo posicionamento austero em relação ao filho e o pai força uma aproximação constante, não entendida como saudável por parte daquele adolescente. A tia de Lujin é a única por quem ele demonstra algum afeto, mas que se justifica somente por ter sido por meio dela o seu pr