Postagens

Mostrando postagens de Setembro 26, 2021

Treze haikus de Yosa Buson

Imagem
Por Pedro Belo Clara (selecção e versões¹)         I.   junto à pereira em flor com o luar por candeia a rapariga lê a sua carta     II.   sem roupa interior o traseiro de súbito ao léu – rajada de vento primaveril     III.   estes ociosos dias de primavera continuam – longe os tempos d’outrora!     IV.   de longe chega o aroma das glicínias – pálido luar     V.   ao longo da estrada a lentilha-d’água floresce sob a chuva nocturna     VI.   solidão imensa – outro grande prazer no crepúsculo outonal     VII.   noite de outono um corvo de súbito grita – desejo profundo                                                                                            VIII.   a chuva cai sobre as ervas enchendo os sulcos deixados pelo carrinho festivo       IX.   talhando um Buda de madeira numa longa e fria noite – pobreza sacerdotal     X.   a chuva vergando o trevo como o pé dum vagabundo – longa, dura jornada     XI.   ao vento frio um monge curva-se diante palavras cravadas na ped