Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 14, 2022

Caminhos do Bildungsroman: artes e formação segundo Goethe e Rosa

Imagem
Por Guilherme de Almeida Gesso Ilustração de Poty Lazzarotto para Sagarana , de João Guimarães Rosa, 1970.   O gênero do Bildungsroman (Romance de Formação), criado por Goethe e seus Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister (1796), implica a luta de um herói para formar-se, isto é, para enriquecer o espírito, agudizar a sensibilidade, compreender o mundo, alcançar seus objetivos, e vislumbrar, enfim, noções como totalidade e harmonia a despeito das barreiras que se lhe oponham. Tal percurso, que supõe personagens perfectíveis, encontrou inúmeras renovações ao longo da História literária, cada uma simultaneamente vassala do achado de Goethe e ligada a dados específicos de seu entorno. O estudo comparativo das obras que seguem essa linhagem deve considerar, assim, não apenas os enunciados originais da límpida fonte goetheana, mas os contextos que rearranjam as aporias refratárias ao bem formar-se.   Lauta de obras-primas, a referida tradição consegue acolher em seu bojo herdeiros à prim