Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 16, 2021

Uma pasta de achados e perdidos

Imagem
Por Pedro Fernandes Roberto Bolaño. Foto: Giovanni Giovannetti    Tardou o tempo necessário para que os leitores brasileiros entrassem em contato com A Universidade desconhecida , de Roberto Bolaño, que nos chega através do exímio trabalho de tradução já reconhecido de Josely Vianna Baptista. Trata-se de um livro póstumo organizado pelos herdeiros responsáveis pelo arquivo do escritor, singularizado por Carolina López, a última mulher com quem ele conviveu. Embora, a generosa antologia reúna algum trabalho que Bolaño deu forma final, como os textos de “Gente que se afasta” apresentado como Amberes (Anagrama, 2002), e outros conjuntos tenham servido para pleitear algum lugar na concorrência dos vários prêmios literários que buscou, grande parte do material é inédita e foi organizada a partir de várias pistas deixadas por um homem assombrado com a morte e com o desamparo de um filho em criança.   Não tanto a crítica mais sistematizada pelos dogmas da teoria, mas se reitera com cada vez