Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 18, 2022

A Semana de Arte Moderna de 1922. Revisitações

Imagem
Por Pedro Fernandes Anita Malfatti. A ventania , 1915/1917, óleo sobre tela, 51 x 61cm Entre os dias 13 e 17 de fevereiro de 1922 um grupo de artistas de São Paulo e do Rio de Janeiro protagonizou uma sessão de festivais interessada em inventariar as possibilidades de uma arte capaz de fazer frente aos modelos ainda vigentes. A Semana de Arte Moderna, como ficou registrada, foi pensada e organizada num relâmpago. Um dos primeiros registros com a notícia sobre o evento aparece na edição do Correio Paulistano de 29 de janeiro do mesmo ano, destacando que o acontecimento era “iniciativa do escritor Graça Aranha”. O autor nordestino que havia publicado o que se tornaria seu principal romance uma década antes, Canaã , aparece como a figura mais respeitada entre os do seu meio — “Antigo diplomata, cargo em que prestou não pequena soma de serviços ao nosso país, membro da Academia Brasileira de Letras, cavalheiro em que se encontram admiravelmente fundidas uma belíssima inteligência e uma es