Postagens

Mostrando postagens de Novembro 3, 2021

Álbum de testemunhos

Imagem
Por Sandro Ornellas   Duas palavras se destacam para mim depois da leitura de Pequeno álbum de silêncios , livro de Monica Menezes e Sarah Fernandes: silêncio e segredo. Ambas estão em locais-chave: no título e na epígrafe de Cecília Meireles: “Dizer com claridade o que existe em segredo”. Sem serem sinônimas, silêncio e segredo se somam para dizer o que é de certo modo literatura e, dentro da literatura, poesia. Se a poesia pode ser entendida como uma margem extrema da literatura, margem que se confunde e mistura com a música e as artes visuais, faz todo o sentido os poemas virem no livro lado a lado em importância e diálogo com fotografias. Nem as fotos ilustram os poemas, nem os poemas são legendas para as fotos. A montagem de ambos ao longo do livro cria atmosferas que interrompem qualquer tentativa de unidade discursiva ou narrativa que se queira lhes dar. E ambos, poema e fotografia, são portadores dos silêncios e segredos do que chamamos poesia, essa interrupção da fala, com su