Postagens

Mostrando postagens de Setembro 24, 2021

Alguns dias no Brasil de Bioy

Imagem
Por Joaquín Correa Adolfo Bioy Casares. Foto: Ulf Andersen   Trinta anos depois da viagem de Robert Arlt ao Brasil, em julho de 1960, Adolfo Bioy Casares viaja ao Rio de Janeiro a convite do PEN Club como integrante da delegação argentina para participar de um de seus encontros. A essa altura já tinha publicado os seus melhores trabalhos e o seu nome estava próximo ao de Jorge Luis Borges graças à forte amizade que construíram e ao trabalho conjunto. Quer dizer: a viagem de Bioy será, assim — como foi a de Arlt e três décadas depois —, uma consequência do seu sucesso. Apenas sua classe e a atividade de escritor deixarão essa variável implícita. Alguns dias no Brasil (Diário de viagem) abre com uma epígrafe de Horácio: “Non recito cuiquam, nisi amicis”, e devemos lembrar agora que a primeira edição de 1991 teve uma tiragem reduzida de 300 exemplares e destinava-se apenas à circulação entre amigos e íntimos. O registro privado da escrita do diário de viagem, então, tornou-se público gr