ENVIE SEU TEXTO


O Letras in.verso e re.verso pode publicar seu texto. Leia e observe o regulamento a seguir:

1. Os textos devem ser inéditos. Entenda-se por inédito textos que não tenham sido publicados em outros espaços da web brasileira como sites, blogs, revistas eletrônicas etc., e o autor deve se guiar pela proposta das seções seguintes:

a) os escritores: registro biobibliográfico sobre escritores da literatura brasileira e estrangeira (faça uma busca antes de submeter texto sobre algum nome sobre o qual já tenhamos comentado - o intuito é não cairmos em repetições);

b) letras e livros: resenhas sobre livros;

c) cinema: resenhas sobre filmes;

d) a arte de ilustrar: textos que tratem da relação literatura e artes plásticas;

e) contos (esparsamente editamos textos do gênero, então são sempre bem-vindos);

f) crônicas (necessariamente com tema ou questões relacionadas diretamente ao universo literário);

g) de cada um dos gêneros textuais listados acima, podem ser enviadas traduções de textos (nesses casos, o autor deve indicar onde e quando o texto original foi publicado).

2. Os textos devem ser enviados em Word, sem formatação, e ter de 2 (mínimo) até 7 (máximo) páginas do tamanho A4.

3. Enviar junto com o texto um breve resumo biográfico.

4. Caso queira remeter uma imagem específica, enviar arquivo em alta resolução isolado do texto e indicar no e-mail as referências.

5. Antes de enviar o texto, é imprescindível uma boa revisão ortográfica e gramatical.

6. Os textos devem ser enviados para o e-mail blogletras@yahoo.com.br com assunto "TEXTO PARA PUBLICAÇÃO NO LETRAS".


SEJA UM COLABORADOR!

Para se tornar um COLABORADOR do blog basta enviar sua proposta editorial para nós.
Colaboradores devem enviar no mínimo um texto por mês ou quinzenalmente.
Converse conosco! blogletras@yahoo.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

Os segredos da Senhora Wilde

Até que as pedras se tornem mais leves que a água, de António Lobo Antunes

Aquela água toda, de João Anzanello Carrascoza

Wislawa Szymborska, a poeta do acaso

Cinema de autor e despertar da consciência

Torquato Neto, exercício de liberdade

Uma entrevista raríssima com Cora Coralina

A Embaixada

Livros para o Dia do livro

Por quem os sinos dobram?