Postagens

Mostrando postagens de Julho 12, 2021

A madeleine de Proust era originalmente uma fatia de torrada

Imagem
Por Mitchell Abidor Ilustração: David Richardson.   Em 1949, a sobrinha de Marcel Proust, Suzy Mante-Proust, entregou ao editor Bernard de Fallois alguns papéis que seu tio havia deixado para seu pai, o irmão mais novo do autor, Robert. Ela pediu que ele desse algum tipo de ordem aos papéis. Fallois conseguiu organizar dois livros póstumos, Jean Santeuil (1952), a primeira tentativa muito grosseira de um romance semiautobiográfico, e, Contre Sainte-Beuve (1954), uma coleção de textos ensaísticos e narrativos, que Fallois chamou de “o sonho de um livro, ideia de livro”.   Em seu prefácio ao Contre Sainte-Beuve , Fallois também escreveu sobre a existência de “ soixante-quinze feuillets ” — 75 folhas — do texto manuscrito da versão mais antiga de Proust para À la recherche du temps perdu . Mas quando um grande número de manuscritos que Marcel deixou para Robert foi doado por Mante-Proust à Biblioteca Nacional da França, essas páginas não estavam entre eles.   Essas páginas perdidas, que