Postagens

Mostrando postagens de Maio 23, 2019

Huckleberry Finn

Imagem
Por Norman Mailer


Existe remédio mais doce para a depressão que as velhas resenhas sobre grandes romances? Na Rússia do século XIX, Anna Kariênina foi recebida da seguinte maneira: “A paixão de Vronski por seu cavalo é paralela à sua paixão por Ana [...] Lixo sentimental [...] Mostra-me uma página”, dizia The Odessa Courier, “que contenha uma ideia”. Moby Dick foi queimada: “Descrições gráficas de uma esterilidade tamanha que não recordamos encontrá-las antes na literatura marinha [...] Curiosa ocorrência de loucos [...] Coisa triste. Os quakers de Melville são alguns náufragos bobos e faladores e seu lunático capitão é um chato insuportável”.
Com esta medida, Huckleberry Finn – publicado em Londres durante a primeira semana de dezembro de 1884 e dois meses depois nos Estados Unidos – tampouco se salva. O Springfield Republican não o julgou pior que “um detalhe vulgar bem-intencionado [...] O Sr. Clemens não possui um sentido confiável de propriedade”, e a biblioteca pública em Concor…