Postagens

Mostrando postagens de Julho 9, 2021

La Fontaine, quatrocentos anos de “Era uma vez...”

Imagem
Por Marta Ailouti Ilustração: Henri Galeron   “Muitas vezes encontramos nosso destino nos caminhos que tomamos para evitá-lo”, dizia Jean de La Fontaine. Pai da fábula moderna, o francês reescreveu muitas das histórias de Esopo e Horácio, mas também das tradições orientais, adaptando-as ao seu tempo, com um estilo mais refinado em forma de poesia. São dele as versões de “A cigarra e a formiga”, “O gato e o rato” ou “A raposa e o busto” que todos conhecemos hoje, contos de moral, máximas de sobrevivência e instrumentos pedagógicos de primeira ordem nos anos em que a cultura popular ainda era plenamente oral.   Escritor fundamental da literatura francesa, Flaubert disse que ele era o único capaz de compreender e dominar as texturas da língua gaulesa. Quando se cumprem 400 anos após o nascimento do escritor, um dos mais traduzidos e lidos do mundo, a editora Libros del Zorro Rojo publica uma edição comemorativa de suas fábulas, ilustradas por outro artista virtuoso, Marc Chagall, que incl