Postagens

Mostrando postagens de Junho 10, 2022

Lovecraft, ensaísta literário secreto

Imagem
Por Nuria Azancot Ilustração: Khoi Nguyen   Admirado por Borges (que lhe dedicou o conto “There ara more Thigns”) e Michel Houellebecq, autor de H. P. Lovecraft: contra o mundo, contra a vida , e mestre confesso de Stephen King — que o retratou como “o príncipe sombrio e barroco da história de terror do século XX” e garantiu que “seus melhores contos nos fazem sentir o peso do universo suspenso sobre nossas cabeças, e sugerem forças sombrias capazes de destruir a todos nós com um rosnado em nosso sono” — tudo em Lovecraft era estranho, inquietante, perturbador.   De caráter doentiamente reservado, superprotegido na infância e educado por sua mãe em extremo classismo e racismo a ponto de não o deixar ir à escola até os oito anos de idade para não se misturar com seres inferiores, Lovecraft (Providence, 1890-1937) viveu mal assediado pelas dívidas de uma fortuna mal administrada e pela loucura que matou seus pais. Solitário por vocação, depois de fracassar nos estudos, dedicou-se à poesi