Postagens

Mostrando postagens de Maio 28, 2021

A cena viva da poeta Fiama Hasse Pais Brandão

Imagem
Por Márcio de Lima Dantas Fiama Hasse Pais Brandão. Arquivo Colóquio/Letras. A escritora Fiama Hasse Pais Brandão nasceu na cidade portuguesa de Carcavelos, numa chácara, no dia 15 de agosto do ano de 1938. Residiu em Lisboa até 1992, voltando a morar em um sítio. Faleceu em consequência de complicações advindas da doença de Parkinson, a 19 de janeiro de 2007, sendo sepultada no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa. Teve como primeiro esposo o poeta Gastão Cruz, pai dos seus dois filhos; viveu, em seguida, 12 anos com Veiga Ferreira. Trabalhou como bibliotecária-arquivista durante 20 anos no Centro de Estudos Linguísticos da Universidade de Lisboa. Sua gentileza e generosidade era conhecida entre poetas e tradutores, nunca se negando a colaborar com os espíritos que buscavam engrandecer a cultura e a arte. Contemplada com inúmeros prêmios literários, destaca-se por ter abrangido um grande leque de gêneros literários, tornando sua obra extensa e multifacetada, como se fora um caleidoscópi