Postagens

Mostrando postagens de Abril 16, 2021

Hermann Broch, subvalorizado

Imagem
Por Roberto Ruiz de Huydobro Hermann Broch. Foto: Imagno, 1937.   Hermann Broch é um escritor pouco conhecido e pouco valorizado. No entanto, a sua obra tem méritos suficientes para o reconhecer como membro desse grupo de criadores (do qual fazem parte, por exemplo, Franz Kafka e James Joyce) que realizaram, nos primeiros anos do século XX, uma renovação radical do romance.   Nasceu em Viena em 1º de novembro de 1886. Sua dedicação integral à literatura só ocorreu em 1928, após deixar o que até então fora sua profissão: diretor das fábricas têxteis de sua família. Em 1938, após a ocupação da Áustria pelas tropas de Hitler, foi preso pela Gestapo, na prisão de Alt-Ausse. A detenção durou apenas cinco semanas, graças aos esforços feitos por alguns de seus amigos (James Joyce, Stephen Hudson e Edwin Muir). Depois de recuperar a liberdade, emigrou para a Inglaterra e, pouco depois, para os Estados Unidos, onde reside desde então. No seu país de exílio obteve várias bolsas para poder contin