Postagens

Mostrando postagens de Maio 8, 2018

Sonhos do insone Vladimir Nabokov

Imagem
Por Ignacio Vidal-Folch


O professor da Universidade de Missouri, Gennady Barabtarlo, tradutor para o russo dos últimos romances de Vladimir Nabokov por escolha do filho do escritor, Dmitri, organizou, comentou e editou os sonhos que o autor de Lolita anotou durante o ano de 1964 e seus comentários sobre reunidos em seus Diários. São materiais atualmente preservados pela Biblioteca Pública de Nova York e até agora inéditos. A publicação (da Princeton University Press) intitula-se de forma alusiva à persistente insônia do romancista russo-estadunidense que apenas uma forte medicação diária conseguia resolvê-la: Insomniac dreams. Experiments with time by Vladimir Nabokov (algo como: Sonhos insones. Experiências com o tempo por Vladimir Nabokov).
Se Nabokov desenvolveu interesse especial pelas visões e os relatos que vivemos quando estamos dormindo não foi, que se diga, uma consequência das teorias da interpretação psicanalítica de Freud, algo que detestava, mas porque neles acreditava co…