Postagens

Mostrando postagens de Julho 9, 2018

Palavra empenhada: Antonio Candido e sua "Ocupação"

Imagem
Por Guilherme Mazzafera
Antonio Candido não carece de apresentações. Seus escritos, docência e vivência humanista compõem o inalienável testamento que o maior dos críticos literários brasileiros nos deixou. Encantado há pouco mais de um ano, seu legado respira forte com matérias de graduação e pós-graduação dedicadas à sua obra (já são duas esse ano na FFLCH-USP, cujo prédio foi batizado com seu nome, seguindo a vereda aberta pelas aulas do também saudoso Professor Joaquim Alves de Aguiar); seminários e eventos dentro e fora da universidade; a reedição do imprescindível Na sala de aula (Ouro sobre Azul, 2017) e de sua tese de doutorado em sociologia Os Parceiros do Rio Bonito: estudo sobre o caipira paulista e a transformação dos seus meios de vida (Edusp / Ouro sobre Azul, 2017); o lançamento do instigante Conversa cortada (Edusp / Ouro sobre Azul, 2018), que traz sua correspondência com o crítico uruguaio Ángel Rama; e, não menos importante, a Ocupação Antonio Candido no Itaú Cultur…