Postagens

Mostrando postagens de Abril 9, 2019

Galáxia Juan José Saer

Imagem
Por Edgardo Dobry


O sutil e preciso o prólogo escrito por Ricardo Piglia para edição conjunta [publicada em língua espanhola em 2012] de Responso, La vuelta completa e Cicatrices se intitula “El lugar de Saer” [O lugar de Saer]; esse mesmo título havia sido usado por Piglia para uma conferência apresentada em 2006 na Universidade Pompeu Fabra, de Barcelona; mas, na verdade, “O lugar de Saer” foi, muito antes, um breve – e essencial – ensaio de María Teresa Gramuglio que apareceu como prólogo de Juan José Saer por Juan José Saer (Buenos Aires, 1986). A repetição não é gratuita: uma das operações obrigatórias da crítica frente a Saer (nascido em Serodino, Argentina, 1937 – morto em Paris, 2005) é, precisamente a determinação de seu lugar: descentrado como escritor argentino, porque sua narrativa não tem quase nunca como cenário Buenos Aires, e porque viveu os últimos trinta e cinco anos de sua vida em Paris. 
Mas, embora sua obra incorpore abertamente a influência do pensamento e do rom…