Postagens

Mostrando postagens de Julho 1, 2019

Contos da Aldeia, de Alberto Braga

Imagem
Por Pedro Belo Clara   


Trazemos, nesta ocasião, à memória dos nossos estimados leitores, mas principalmente ao seu conhecimento, uma obra que tem permanecido oculta das grandes multidões por décadas sem conta – esquecimento de que o seu autor compartilha, também ele bastante fustigado pelos efeitos amnésicos do tempo.
Alberto Leal Barradas Monteiro Braga nasceu na Foz do Douro, Porto, em 1851, e aí viria a falecer sessenta anos depois, em 1911, tuberculoso. Apesar do anonimato vivido nos anos mais recentes (e que largos anos esses), foi um jornalista, cronista, contista e dramaturgo conceituado no seu tempo.
Inicialmente secretário do já extinto Instituto Comercial Português, notabilizar-se-ia com a assinatura de crónicas diversas, tanto em jornais portugueses como brasileiros, e em muitas ocasiões sob pseudónimo – a saber: Diogo Mateus.
Chegou a dirigir o suplemento A semana de Lisboa, que durou apenas dois anos (1893 – 1895), onde foi igualmente redator. Não obstante a curtíssima e…