Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 3, 2012

"Angústia", de Graciliano Ramos, por Antonio Candido

Imagem
Frontispício da 2ª edição de  Angústia , de Graciliano Ramos. A 1ª edição foi também publicada pela José Olympio Editora e quando o seu autor estava preso pelo Regime de Getúlio Vargas. Comparado a  Crime e Castigo , de Dostoiévski, o romance ganhou, em 2011, uma edição especial e um ciclo de debates em torno da obra. Em outubro desse ano, Angústia , de Graciliano Ramos fechou o ciclo de 75 anos. A primeira edição foi lançada, portanto, em 1936, pela Editora José Olympio e é o terceiro romance do autor de Vidas secas . O ano e a obra são enigmáticos: primeiro, Graciliano estava preso pelo Regime Ditatorial de Getúlio Vargas e segundo, o romance deixa-se (inevitavelmente) se levar por esse ambiente, estando nele visível a situação do autor com esse contexto, situação que deve ter sido a de muitos brasileiros que sofreram perseguições pela Ditadura. A data de 75 anos do romance não foi esquecida e o grupo editorial Record lançou uma edição especial do romance e levou pelo paí