Postagens

Mostrando postagens de Abril 16, 2015

Daniel Mordzinski e a construção de um atlas humano da literatura

Imagem
A já clássica imagem de Jorge Luís Borges, por Daniel Mordzinski, um de seus primeiros trabalhos. Click... Click... e quando Javier Cercas se dá conta está no meio de sua piscina portátil em Gerona, com a água ao redor de si, lendo um Hamlet . Foi para um único fotógrafo que o escritor quis posar dessa maneira. E, assim, Daniel Mordzinski terá produzido mais uma galeria de imagens para uma coleção que tem pelo menos quarenta anos. O autor de Soldados de Salamina não supõe em qual momento o fotógrafo argentino o embarcou e fez com que ele sozinho se metesse numa piscina entre sorrisos e piadas. “Mordzinski tem a vantagem de ser muito cordial”, relembrou o escritor na ocasião, “sua conversa flui de maneira natural sobre literatura e outras coisas. Ele não força a nada e quando dás conta estás em pose para fotografias impensáveis”. A fotografias literárias. A retratos que complementam a vida do escritor e sua obra. As imagens que são ponto de partida ou final de uma história