Casa Lena Gal

Por Pedro Fernandes

© Lena Gal. A artista ganha um espaço que primará pela preservação do seu trabalho.



O ato não poderia passar despercebido. Recebi a notificação em minha caixa de e-mails e divulgo por aqui com grande satisfação.


A artista plástica Lena Gal, de Fenais da Ajuda, concelho Ribeira Grande, Açores, Portugal, é, como se diz, uma artista de mão cheia; ela foi quem gentilmente cedeu um de seus trabalhos para a ilustração da capa de Retratos para a construção do feminino na prosa de José Saramago, meu livro que deve sair em breve. E só deixo aguçada a curiosidade: a arte desenvolvida pelo capista que preserva em sua integridade o trabalho de Lena ficou muito bacana, mas só devo postar por aqui noutra ocasião, mais oportuna.

A notificação que recebi de Lena é que agora, dia 30 de junho de 2012, pelas 19h30, ela abre uma exposição que inaugura a Casa Lena Gal, lá mesmo em Ribeira Grande. A casa, que abrirá junto ao Museu da Emigração abrigará um conjunto de trinta trabalhos oferecidos pela artista, além de uma exposição permanente com sua bibliografia, documentos e fotografias que proporcionarão aos visitantes um melhor conhecimento da vida e da sua obra. Lena tem no currículo exposições em vários lugares da Europa.

É, uma honra, primeiro, está próximo do trabalho da artista, segundo, poder notificá-lo, sempre que tiver ao meu alcance.

A imagem que ilustra o post tem o traço típico da artista, o mesmo traço que se vê na capa de Retratos, mas não é a arte que estará na capa, ainda; a imagem veio em anexo à notificação gentilmente enviada por Lena.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cortázar forasteiro

Dez poetas necessários da nova literatura brasileira

Coral, de Sophia de Mello Breyner Andresen

Os segredos da Senhora Wilde

Cortázar de A a Z

O que é a Literatura?, de Jean-Paul Sartre

Dez mulheres da literatura brasileira contemporânea