insônia

David Dupuis.


se na noite vaga
o sono abrisse-me
os misericordiosos braços
agarraria-o
como o escuro agarra-me
os olhos grilados nele.

* Acesse o e-book Palavras de pedra e cal e leia outros poemas de Pedro Fernandes.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Boletim Letras 360º #579

Boletim Letras 360º #573

A bíblia, Péter Nádas

Boletim Letras 360º #578

Boletim Letras 360º #574

Palmeiras selvagens, de William Faulkner