Postagens

Mostrando postagens de Novembro 16, 2018

Depois dos rastros literários da Primeira Guerra Mundial

Imagem
Por Javier García-Galiano


Até o final de O estandarte, o romance de Alexander Lernet-Holenia, os soldados de um regimento austríaco permanecem destemidos ante as ordens de seus oficiais quando a derrota parecia iminente. “Os soldados, sem ousar sair das formações e deixar exteriormente a posição militar, colocavam de repente suas caras tão grotescas como se eles próprios tivessem medo do que faziam, e como se quisessem, uma vez começado a gritaria, aturdir com mais energia. Nós” – confessa um oficial, “desconcertados de imediato, não podíamos fazer outra coisa que olharmo-nos fixamente. Embora tivéssemos adivinhado algo, nunca haveríamos suposto que semelhante coisa, tão estranha e incompreensível, tão espantosamente diferente a tudo e até agora reprimido novamente, tivesse estado escondido sob a submissão desta tropa. Agora não obstante estalava, como rebanho que tivesse liberado uma força que o domesticava; e embora a tropa não fizesse de verdade outra coisa que irromper em gritos, …