Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 13, 2007

Manuel Antônio de Almeida

Imagem
A obra de Manuel Antônio de Almeida está circunscrita no período que a histografia literária tem concebido como Romantismo. Acontece que, como é recorrente em quase (para não dizer em todas) as épocas literárias que importamos dos moldes europeus para uma compreensão sobre a formação de nosso cânone, a filiação é um pouco degenerada. E os motivos são vários: desde sempre, os criadores, mesmo aqueles ainda extremamente apegados à dicção europeia, acabaram por imprimir traços únicos e variáveis só possíveis de adquiridos pela vivência num contexto como o nosso. Acontece que, no caso do autor de Memórias de um sargento de milícias , essa diferenciação fica ainda mais evidente. E, para isso terá contribuído um dos preceitos fundamentais da estética à qual filiam: a prevalência da individualidade e da liberdade criativas. É claro que o leitor encontrará na obra desse escritor estreita relação com os modos de ver de outros escritores europeus anteriores: o interesse pela história