Literatura e música



Nos campos possíveis e impossíveis de relações da literatura com outras artes, algumas já até consagradas linhas de pesquisa em algumas universidades, como a já pluricitada literatura e cinema, há uma que desconheço algum prestígio acadêmico, mas que também se constitui em campo de estudo: literatura e música. A ideia para pensar sobre essa relação me veio de algumas entrevistas que tenho visto por esses dias com poetas que são também cantores e que têm na música um espaço para inspiração da escrita. No universo do romance, citável é o nome de Chico Buarque que fez do seu último, Leite derramado, embora não tenha nunca explicitado isso, mas claramente perceptível aos ouvidos e olhos dos leitores, uma extensão de "O velho Francisco". A música conta a história de um escravo alforriado entre o seu auge e sua decadência, mesmo estágio em que se encontra a personagem-narrador do romance de 2009.

Também alguns cantores admitem se inspirar em alguns livros para suas composições. E é sobre estes que quero findar a postagem de hoje, com uma lista breve de músicas que tiveram inspiração em alguns importantes livros da literatura universal. A lista foi confeccionada por Almir de Freitas para o seu blog Não me culpem pelo aspecto sinistro:  

1) Kate Bush - Wuthering Heights, inspirada em O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Brontë; 
2) The Cure - Killing an arab, inspirada em O estrangeiro, de Albert Camus;
3) Alan Parsons Project's (?) - Cask of Amontillado, inspirada em O Barril do Amontillado, de Edgar Allan Poe;
4) Rick Wakeman - Journey to The Centre Of The Earth, inspirada em  Viagem ao Centro da Terra, de Julio Verne;
5) Guns N' Roses - Catcher in the rye, inspirada em O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger
6) Joy Division - Internoze, inspirada em Almoço Nu, de William Burroughs; 
7) Nirvana - Scentless Apprentice, inspirada em O Perfume, de Patrick Süssekind; 
8) Couting Crows - Rain King, inspirada em Henderson, o Rei da Chuva, de Saul Bellow;
9) Jefferson Airplane - White Rabbit, inspirada em Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll;
10) Bruce Springsteen - The Ghost of Tom Joad, remetendo a As Vinhas da Ira, de John Steinbeck;
11) Rolling Stones - Sympathy for the Devil, baseada n'O Mestre e Margarida, de Mikhail Bulgákov.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os mistérios de "Impressão, nascer do sol", de Claude Monet

Os segredos da Senhora Wilde

Andorinha, andorinha, de Manuel Bandeira

Boletim Letras 360º #324

Desta terra nada vai sobrar, a não ser o vento que sopra sobre ela, de Ignácio de Loyola Brandão

Desaguadouro de redemunhos. Grande sertão: veredas

Boletim Letras 360º #325