Postagens

Mostrando postagens de Agosto 21, 2014

Cortázar de A a Z

Imagem
Juan Carlos Onetti, Gabriel García Márquez e Alfredo Bryce Echenique disseram em uníssono há anos que eles escreviam para que os quisessem mais. Julio Cortázar não disse, mas conseguiu. “Queremos tanto a Julio”, rezava uma campanha editorial que recuperou sua obra nos anos noventa. E a devoção pelo autor de O jogo da amarelinha tem só aumentado. Não por acaso o monumento mais concreto sobre esse amor por Julio é um livro Cortázar de la A a la Z ( Cortázar de A a Z , título inédito no Brasil) publicado por ocasião do centenário do escritor celebrado agora em 2014. O livro é apresentado como um álbum biográfico. O livro  é organizado por Aurora Bernárdez, a primeira companheira do escritor, e Carles Álvares Garriga. Os dois já haviam trabalhado juntos na organização de Papéis inesperados , coletânea de textos inéditos de Cortázar publicados em 2006, 22 anos após a sua morte – um volume significativo para os amantes da obra do argentino que, com mais de 500 páginas traz preci