Postagens

Mostrando postagens de Novembro 19, 2018

Uma criatura dócil, de Fiódor Dostoiévski

Imagem
Por Pedro Belo Clara




É um daqueles nomes que dispensa quaisquer apresentações, mesmo para os menos interessados ou sabedores da literatura russa do século XIX. Carecerá talvez de adjectivos, e não só para quem nutre afeição por tais caracterizadores, mas o seu emprego apenas será honestamente exequível após um mergulho sério na obra do autor que hoje aqui se lembra e sugere. Como tal, esquivamo-nos a tal exercício, a não ser na constatação do óbvio, por ser universal, deixando assim ao critério de cada um dos nossos amigos leitores a devida apreciação do escritor e sua obra.
Nasceu em 1812, em Moscovo, filho de um médico militar rígido e autoritário, com tendências para o alcoolismo e depressão, e de uma mãe que até à sua morte precoce o educará em casa. Mais tarde, frequenta a escola militar onde começa a desenvolver um sério interesse pela literatura. Após concluir os estudos, inicia as suas primeiras traduções e esboços literários, abandonando definitivamente o exército. O esforço c…