Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 23, 2020

Essa gente, de Chico Buarque

Imagem
Por Pedro Fernandes Os termos utilizados por Chico Buarque para intitular seu romance parecem tomados de um popular no interior da renovação dos embates de classe no Brasil de entre meados para o fim da segunda década do século XXI. Dos ricos, muito se ouviu / ouve ante a presença dos menos abastadas em territórios só (ou recorrentemente) designados a eles, sentenças que se introduziam / introduzem pela expressão: essa gente precisa aprender o caminho para onde nunca deviam ter saído; essa gente não quer trabalhar mas viver às custas dos que realmente trabalham para manter esse país; essa gente é mesmo mal-educada; etc. Do outro lado, como terrivelmente tem sido nos usos do vocabulário de opressão no atual contexto, os termos foram reintegrados como a resposta possível contra o discurso não de um todo hegemônico das elites: essa gente precisa aprender que nosso lugar é qualquer lugar; essa gente é um bando de aproveitadores das benesses sem fundos de um Estado prot