Postagens

Mostrando postagens de Maio 16, 2018

Vinte e uma obras recentes do romance francês

Imagem
Jean Marie-Gustave Le Clézio ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 2008; seis anos depois, um compatriota seu, Patrick Modiano, recebia também o galardão mais importante das letras. A França foi a terra de Stendhal, Balzac, Flaubert e na atualidade continua tendo uma diversidade de romancistas de primeiro nível. Embora nem sempre sejam nossos conhecidos, pela maneira tímida como suas obras circulam por aqui, a lista a seguir chama atenção para o que podemos dizer "estes são nomes do primeiro quartel do século XXI para se ter em conta". É impossível ficar só num romance de Modiano, mas muitas de suas obsessões estão nas páginas que circulam no Brasil, que, muito recente recebeu duas trilogias do escritor: Para você não se perder no bairro ( Ronda da noite ,  Uma rua de Roma , vencedor do prestigioso prêmio Goncourt em 1978, e  Dora Bruder ) e Essencial ( Flores da ruína , Remissão da pena e Primavera de cão ). Algo semelhante acontece com Le Clézio, que nesta lis