Postagens

Mostrando postagens de Junho 25, 2019

Sagarana: meandros de uma estreia

Imagem
Por Guilherme Mazzafera


Mais de sete decênios após sua primeira edição – ao que se pode acrescentar quase uma década de gestação subterrânea –, Sagarana volta às livrarias em novo projeto editorial pelas mãos da editora Global, que agora detém os direitos de toda a obra de João Guimarães Rosa, com exceção de seu único romance, Grande Sertão: Veredas. Este, cujos direitos pertencem à família Tess, os herdeiros de Aracy de Carvalho Guimarães Rosa, segunda esposa do escritor, está sob a guarda da Companhia das Letras, que publicou uma belíssima edição do livro que já tive a oportunidade de resenhar aqui no Letras.
Após diversos anos sob a tutela da Nova Fronteira, o Sagarana da Global destaca-se de imediato por sua capa, que recusa a iconografia tradicional no boi, substituindo-a por uma bela fotografia de Araquém Alcântara, feita em 2012 no município mineiro de Jaíba, na qual vemos uma árvore ramosa e quase sem folhas contra um céu azul profundo.  Essa atualização das paisagens rosianas…