Duas notas entre o geral e o particular

Por Pedro Fernandes




Oscar 2009

As principais premiações cinema em 2009 parecem inaugurar novos rumos para os filmes produzidos em Hollywood. O favoritismo da mega produção de O curioso caso de Benjamin Button, de David Fincher, desbancado pela simplicidade da produção de Quem quer ser um milionário, de Denny Boyle, reflete várias questões na indústria do cinema. Uma, parece ser a respeito do modo de fazer cinema, apesar de que essa questão que vou apontar ser uma tônica noutras premiações da Academia: não é necessário ser dono de uma gorda conta para se produzir bons filmes. E, outra, que está para além da forma de fazer cinema, que é o reconhecimento, enfim, da real maior indústria cinematográfica do mundo - a indiana. Reconhecimento ou provocação. Fica a critério de quem julgar. E, em linhas gerais, e talvez seja este o fator verdadeiro: o interesse hollywoodiano de expandir para além das fronteiras a que sempre esteve preso. Afinal de contas, o Oscar 2009 agraciou mais aos que de fora vieram para compor a colcha de retalhos da indústria do cinema que é Hollywood. Veja a lista dos ganhadores.


Garganta da Serpente

Há no universo virtual brasileiro poucas opções de qualidade, sérias, cujo interesse seja único e exclusivamente o da literatura. Há desses poucos, poucos que eu realmente conheço e acompanho. Quero registrar sobre um desses meios que venho há uns cinco anos acompanhando o trabalho de perto. Trata-se de um site chamado Garganta da serpente, que hoje está comemorando seus 10 bem-vividos anos. Foi neste site que entrei pela primeira vez no ainda tenebroso meio da virtualidade, com os meus primeiros acanhados poemas. Não há como esquecer isso, levando em consideração que todo começo, isso todo mundo sabe, é difícil. Este site que me ajudou a destemer o universo virtual, este site que me viu como autor prestável para alguma coisa merece ser preservado, merece ser sempre lembrado, visita e lido. Nesses dez anos de internet o site dispõe de um rico acervo em poemas, contos, crônicas, cordéis, fábulas, citações, artigos, ensaios e, por aí vai. São cerca de 2 166 habitantes, como são chamados os autores no seu espaço. E 136 nomes importantes da literatura catalogados. Além de dispor de informações acerca de concursos e eventos literários. Vigor à serpente! Para acessar o site clica aqui.


Comentários

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Boletim Letras 360º #588

Boletim Letras 360º #582

Boletim Letras 360º #587

O vermelho e o negro, de Stendhal

Palmeiras selvagens, de William Faulkner

Dez poemas e fragmentos de Safo