A arte de ilustrar Jorge Amado (Parte II)

Quem disse que só se fala de um escritor em datas importantes? Se assim acontece com alguns, bem, há alguma coisa errada. Fala-se sempre. E, hoje, já uma semana depois do centenário do brasileiro Jorge Amado, certamente o fato literário mais comentado dentro e fora do país, vamos finalizar a mostra com ilustrações e ilustradores da sua obra. Na primeira parte dispomos 11 nomes (aqui), agora vamos conhecer outro tanto dando ênfase a duas frentes de trabalhos: os feitos por artistas plásticos de renome, como Carybé e Floriano Teixeira, os que aliás, mais ilustraram trabalhos de Jorge Amado, e os nomes contemporâneos que foram para o texto amadiano e ilustraram para as edições recentes.

1. Carybé: ilustrou obras como Jubiabá, O compadre Ogum, O sumiço da Santa, O gato malhado e a andorinha Sinhá e A morte e a morte de Quincas Berro d'água.

Carybé. Ilustração para Jubiabá

Carybé. Ilustração para O gato malhado e andorinha sinhá


2. Clóvis Graciano: ilustrou Terra do Sem-fim e Navegação de cabotagem.

Clóvis Graciano. Ilustração para Navegação de cabotagem


3. Darcy Penteado: ilustrou O país do carnaval e Navegação.

Darcy Penteado. Ilustração para O país do carnaval

4. Di Cavalcanti: ilustrou Gabriela cravo e canela e Navegação.

Di Cavalcanti. Ilustração para Gabriela

5. Floriano Teixeira: ilustrou obras de Graciliano Ramos e Vargas Llosa. Do romancista baiano Dona Flor e seus dois maridos, Tocaia grande, A morte e a morte de Quincas, O menino Grapiúna e Navegação.

Floriano Teixeira. Ilustração para Dona Flor.

6. Glauco Rodrigues: Os velhos marinheiros e Navegação.

Glauco Rodrigues. Ilustração para Os velhos marinheiros

7. Octávio Augusto: ilustrou Ode Marítima, de Fernando Pessoa. De Jorge Amado, ilustrou Farda fardão e camisola de dormir.



8. Oswaldo Goeldi: ilustrou Mar morto e Navegação.

Oswaldo Goeldi. Ilustração para Mar morto

9. Poty: ilustrou Capitães da areia e Navegação.

Poty. Ilustração para Capitães da areia

10. Santa Rosa: além de ilustrar obras de Carlos Drummond de Andrade, José Lins do Rego, Rachel de Queiroz, de Jorge Amado ilustrou Cacau, ABC de Castro Alves e Navegação.

Santa Rosa. Ilustração para O ABC de Castro Alves

11. Fernando Vilela: ilustrou As mortes e o triunfo de Rosalinda.



12. Joana Lira: ilustrou O milagre dos pássaros



13. Pedro Costa: ilustrou A descoberta da América pelos turcos



14. Marilda Castanha: ilustrou A ratinha branca de pé-de-vento e a bagagem de Otília



15. Frank Sacheffer: ilustrou São jorge de Ilhéus.



16. Andrés Sandoval: De como o mulato Porciúncula descarregou seu defunto.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

20 + 1 livros de contos da literatura brasileira indispensáveis

Carolina Maria de Jesus, a escritora que catava papel numa favela

José Saramago e As intermitências da morte

Visões de Joseph Conrad

Cecília Meireles: transcendência, musicalidade e transparência

Sor Juana Inés de la Cruz, expoente literário e educativo do Século de Ouro espanhol

Ensaios para a queda, de Fernanda Fatureto

A melhor maneira de conhecer o ser humano é viajar a Marte (com Ray Bradbury)

Os diários de Sylvia Plath

Não adianta morrer, de Francisco Maciel