Postagens

Mostrando postagens de Junho 3, 2016

Passagem dos inocentes, de Dalcídio Jurandir

Imagem
Por Rafael Kafka Passagem dos inocentes é um romance de Dalcídio Jurandir marcado pelo signo da transição. O modo de narrar que caracterizou os primeiros livros do ciclo do extremo norte, com um ritmo mais fluido e suave, começa a dar lugar aqui aos fluxos de consciência e à temporalidade oscilante que dão ao texto um aspecto mais surrealista, angustiante e perturbador. Praticamente não temos um narrador nessa obra e a mesma se dá por meio das vozes de personagens que por meio do discurso indireto livre contam a história de como Alfredo chegou à passagem que dá nome ao romance, localizada no atual bairro da Umarizal, área nobre de Belém. Em Passagem... , Dalcídio mais uma vez foca nas desventuras de Alfredo, um garoto cheio de questionamentos existenciais e crises de identidade que veio para a capital do estado do Pará para estudar e subir na vida, sonho antigo de sua mãe, Amélia. Porém, o autor paraense como sempre consegue focar em outras histórias paralelas, evidencia