Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 26, 2010

Aquela ida indevida ao cinema

Imagem
Por Pedro Fernandes Muita beleza para nada. Idas e vindas do amor , um símbolo de pura perda de tempo no cinema.  São muitos os filmes que assistimos; mas aqueles que marcam de verdade são poucos. No meu estágio de leigo na sétima arte sempre digo que filme bom é aquele que de alguma forma incita-nos a pensar por outro ângulo aquilo que é tido como supostamente corriqueiro. Isso é algo que tem sido pouco valorizado ultimamente. As telas estão preocupadas, e mais agora com a ascensão do 3D, com filmes de muitos efeitos visuais e pouco ou quase nada de enredo. Além do rol desses filmes pobres de enredo e rico em efeitos visuais há ainda um outro: os dos filmes ricos em bestialidade mas que ainda assim por motivo desconhecido escapa com um bonzinho ; são divertimentos para dias quando estamos interessados pelo banal, afinal que mortal não já terá se dado ao desfrute de queimar algumas horas caras da existência com nada. É também, às vezes não apenas o caso de querer jogar o t