a soltura da alma




retorcida
entre teus braços

esvaiu-se



* Acesse o e-book Palavras de pedra e cal e leia outros poemas de Pedro Fernandes.

Comentários

Por que a alma é livre feito beija-flor!

Feliz Dia poético para você também...

Abraço do Pedra do Sertão

Postagens mais visitadas deste blog

Os mistérios de “Impressão, nascer do sol”, de Claude Monet

Andorinha, andorinha, de Manuel Bandeira

Boletim Letras 360º #423

Cinco livros e cinco filmes para conhecer Charles Bukowski

O companheiro de viagem, de Gyula Krúdy

Desvio, de Juan Francisco Moretti