D de Drummond. Dia D



A ideia simples. Mas interessante e fabulosa. Transformar um dia do ano para Drummond. Assim como já fizeram para Joyce, fazer o 31 de outubro, data de nascimento de Carlos Drummond de Andrade, num grande dia de comemoração, o Dia D.

E a ideia é, conforme notifica a página do evento, um dia para ser vivenciado “nas escolas, universidades, livrarias, bares, museus, TVs, rádios, centros culturais e mesmo em solidão, não importa onde e como, que todos se lembrem de festejar Drummond e a sua poesia. Um outro dia D, para apagar a guerra e saudar a liberdade, a imaginação, a aliança entre os homens de boa palavra.”

Na proposta espalhada na web pelo Instituto Moreira Salles, surge a possibilidade de leitores dedicar sua voz à leitura de versos do poeta maior (além de participar da extensa programação que será ofertada no correr de todo mês de outubro).

Essa ideia de emprestar a voz, toma do artíficio da imagem para o vídeo e, qualquer leitor que possua uma webcam, uma conexão em internet, um computador configurado para tal e uma conta no Youtube possa ler e enviar vídeos com a leitura de versos de Drummond.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cortázar forasteiro

Dez poetas necessários da nova literatura brasileira

Os segredos da Senhora Wilde

Coral, de Sophia de Mello Breyner Andresen

Cortázar de A a Z

O que é a Literatura?, de Jean-Paul Sartre

Dez mulheres da literatura brasileira contemporânea