Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 8, 2014

Tentativas em torno da poesia de Ida Vitale

Imagem
Por Pedro Fernandes Ida Vitale. As palavras são nômades; a má poesia as torna sedentárias . O vasto universo da internet oferece algumas permissões. A minha curiosidade por encontrar nomes ainda guardados naquele instante meia-luz nasceu nos corredores de bibliotecas e se prolongou nos labirintos da web . E, por esses dias, pesquisava sobre importantes nomes de poetas da literatura latino-americana. O buscador me retornou uma variedade de figuras de alguma maneira conhecidas entre nós. Mas, uma me chamou a atenção. Dela, só encontrei de melhor segurança, alguns poucos poemas em língua portuguesa no excelente site do Antonio Miranda, nascido alguns anos antes deste pequeno blog que conduzo e que reúne uma rica variedade de trabalhos de poetas de várias partes do mundo.   Chama-se Ida Vitale. Nasceu no dia 2 de novembro de 1923, em Montevidéu. É poeta, tradutora, ensaísta, professora e crítica literária integrante da chamada Geração de 45 no seu país natal, da qual formam parte nomes com