Postagens

Mostrando postagens de Outubro 21, 2019

O entardecer de Peter Handke

Imagem
Por Miguel Morey


“A terra nata está tomada pelos inimigos, desde sempre.” Peter Handke, Am Felsfenster morgens, 1998
1 Entre as características que inevitavelmente se destacam quando Peter Handke é apresentado ao público, ocupa o primeiro lugar sua vocação precoce como escritor, com igual ênfase nos dois aspectos. Assim, ele enfatiza tanto sua juventude incomum quanto a obstinação de sua vocação literária. Sua aparição pública como escritor, ele começa, data de quando tinha dezesseis anos; depois ele fala sobre sua estreia no ano 1966, com manifestações literárias diversas, incluindo um romance (Die Hornissen) e uma peça de teatro (Der Jasager und der Neinsager), e finda comentando sua intervenção inovadora no Congresso do Grupo 47, realizado naquele ano em Baltimore. O incidente é contado de várias maneiras, ainda que o clichê finde sendo o mesmo, o de um confronto com a velha guarda da literatura alemã e um desafio à literatura politizada e à figura do escritor engajado. Às vezes, ao…