Postagens

Mostrando postagens de Maio 21, 2020

Meu pequeno país, de Gaël Faye

Imagem
Por Pedro Fernandes


Qual a cara do horror quando não temos uma consciência formada para sabê-lo? Essa pergunta certamente não foi a que serviu de impulso para a escrita de Meu pequeno país. O título do primeiro romance do escritor nascido no interior de Burundi, um pequeno país africano situado entre a Ruanda, a Tanzânia e o Congo, deixa sugerir uma variedade de sentidos, desde o mais evidente, a designação da própria terra natal do escritor, às variáveis estabelecidas pela narrativa, como as que se guiam pelos temas da pertença, da nação, da etnia, da raça, da identidade, entre outros temas caros à literatura cuja nascente repousa em contextos dos mais difíceis quando o assunto é o enfretamento étnico-cultural como é o caso da extensa parte dos países de África.
A pergunta apresentada acima oferece uma leitura marginal, e importante, do romance de Gaël Faye. Meu pequeno país é um livro que se coloca como resposta sobre um passado não muito distante do seu narrador e sobre o qual tod…