poeminha antropofágico


há dias que como você
estou satisfeito

* Acesse o e-book Palavras de pedra e cal e leia outros poemas de Pedro Fernandes.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os mistérios de “Impressão, nascer do sol”, de Claude Monet

Quinze mulheres da literatura brasileira

Desvio, de Juan Francisco Moretti

Boletim Letras 360º #416

Dom Casmurro, de Machado de Assis

O 22 da Marajó