poeminha antropofágico


há dias que como você
estou satisfeito

* Acesse o e-book Palavras de pedra e cal e leia outros poemas de Pedro Fernandes.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os mistérios de “Impressão, nascer do sol”, de Claude Monet

Desvio, de Juan Francisco Moretti

Boletim Letras 360º #449

O poeta inquieto

Acontecimentos na irrealidade imediata, de Max Blecher

O tempo em A montanha mágica: anotações da leitura de Paul Ricœur