Um conjunto imperdível de ilustrações para a poesia de Edgar Allan Poe

Se formos contar quantos mundos imaginados pelas artes plásticas a partir da obra de Edgar Allan Poe certamente não alcançaremos numa rodada. Basta saber que desde sempre sua obra mereceu atenção de artistas diversos; interesse que rompe séculos até chega longo a esse trabalho que, contemporâneo, é uma obra-prima sem deixar de merecer alcançar o posto de outros dessa natureza. 

Falamos do exercício comandado por Lou Reed que em 2003 se esforçou para expor de maneira mais forte e visível os sentidos da poesia de Poe através da música. Tamanho exercício rendeu-lhe a bela releitura do poema mais famoso do estadunidense, O corvo e um álbum lendário que faz parte de uma das raras peças que acrescenta elementos a uma obra que dispensa maiores comentários.

Mas, música à parte, o encanto sobre o qual nos referimos é outro: é a graphic novel que recebeu o mesmo título do famoso poema de Poe atribuído, lógico, ao disco do Reed. Os desenhos são do cartunista italiano Lorenzo Mattotti, cuja fascinação pela obra do escritor estadunidense é visivelmente desmedida pela qualidade da interpretação e reinvenção do universo dark da obra. E uma vez que nos faltam palavras para ainda dizer alguma coisa sobre esse trabalho, só nos resta dividir com os leitores e pedir que apreciem.


Ilustrações de Lorenzo Mattotti a partir de Edgar Allan Poe


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os segredos da Senhora Wilde

Os mistérios de "Impressão, nascer do sol", de Claude Monet

Andorinha, andorinha, de Manuel Bandeira

Desaguadouro de redemunhos. Grande sertão: veredas

Por que Calvin e Haroldo é grande literatura: sobre a ontologia de um tigre de pelúcia ou encontrando o mundo todo em um quadrinho

Varlam Chalámov, contador de histórias

Boletim Letras 360º #323