Postagens

Mostrando postagens de Maio 18, 2020

Olga Savary

Imagem
A notícia sobre a morte de Olga Savary (Belém, 21 de maio de 1933) tardou a chegar às páginas dos jornais. Foi registrada no dia 15 de maio de 2020, divulgada no início da tarde do dia seguinte nas redes sociais, incluindo as do blog Letras in.verso e re.verso, e os registros mais antigos nos cadernos de cultura datam de depois das 20 horas; foi no jornal O Globo. Depois, os outros veículos replicaram as chamadas de mesmo tom modesto.
As duas situações atestam algo que se reflete para além da triste crise que atravessa o jornalismo cultural no Brasil: o país desconhece a literatura e o trabalho da mulher que integra uma rica geração de criadoras na poesia, se considerarmos ao seu lado Hilda Hilst (1930―2004) e Adélia Prado (1935―), para citar as agora mais famosas, ou as esquecidas Zulmira Ribeiro Tavares (1930―2018), Lupe Cotrim (1933―1970), Marly de Oliveira (1935―2007), Myriam Fraga (1937―2016), Eunice Arruda (1939―2017), entre outras. O desconhecimento não expõe apenas a certeza…