labirinto




se me calo
me vencem
se me rebelo
eles lucram

* Acesse o e-book Palavras de pedra e cal e leia outros poemas de Pedro Fernandes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sophia de Mello Breyner Andresen e João Cabral de Melo Neto, convívios pela poesia

Os mistérios de “Impressão, nascer do sol”, de Claude Monet

Andorinha, andorinha, de Manuel Bandeira

Boletim Letras 360º #423

Aquela água toda, de João Anzanello Carrascoza

O amor nos tempos do cólera, de Gabriel García Márquez